"Gosto quando você me olha e sorri. Eu poderia morrer ali de tanta felicidade. O tempo podia parar e eu não iria me importar de ver seu sorriso pra sempre. Não iria me importar de parar no tempo sorrindo com você."
Voei-te.  (via desafixei)

"Você é um idiota e eu te odeio. Odeio quando eu quero que você faça uma coisa e você faz completamente outra. Odeio quando você não me dá atenção e parece estar ocupado demais pra mim. E eu odeio mais ainda ter que fazer alguma coisa pra que você perceba que eu preciso de mais atenção. Odeio ficar com saudades de você. Odeio ficar carente de você. Odeio quando você não percebe as coisas erradas que faz. Odeio quando você não corre atrás de mim. Odeio quando você não percebe as indiretas que eu dou, e odeio ainda mais quando eu preciso te dar alguma indireta. Odeio quando você fica todo cheio de intimidades com suas amigas, e odeio mais ainda quando elas ficam achando que tem o direito de ficar de intimidade com você. Odeio quando você fica estranho e não me diz o porque. Odeio quando você fica distante, parecendo estar com a cabeça em outro lugar. Odeio a impressão que você passa de, ás vezes, não fazer questão de mim ou da minha presença. Odeio ainda mais essa minha sensação idiota, masoquista e estúpida de estar te perdendo. Meu medo de te perder. Odeio sentir ciúmes de você. Odeio demais. Odeio essa sua mania de não demonstrar o que sente por mim em público. Odeio quando você me dá motivos pra pensar besteira (por mais louca que seja). Odeio pensar que talvez, só talvez, você não tenha só a mim. Ou não queira mostras as pessoas que você me tem. Odeio quando você dá a impressão de não querer mostrar pra ninguém que eu também te tenho. Odeio imaginar você com outras garotas, e me odeio mais ainda por imaginar essas coisas. Odeio prestar atenção em cada detalhe seu, e ás vezes ficar triste por esses detalhes. Odeio quando eu crio expectativas demais em cima de você. Odeio quando eu quero não me importar e deixar pra lá, mas simplesmente não consigo. Odeio quando eu tento te esquecer por 1 minuto, mas você continua na minha cabeça à cada segundo. Eu odeio qualquer coisa e qualquer pessoa que possa, pela mínima chance que seja, te tirar de mim. Odeio as nossas brigas sem sentido. Mas eu odeio mais ainda, ter motivos pra brigar com você. Odeio me sentir insegura, como se à qualquer momento você pudesse me deixar. Aliás, eu odeio quando você me deixa, por menor que seja o tempo. Odeio ter a sensação às vezes de que você quer ir, quando tudo que eu mais quero é te fazer ficar. Odeio quando tudo tá bem, e por um vacilo seu de 5 segundos, de repente já está tudo mal. Odeio saber que você tem meu coração, e que no momento que quiser, pode quebrá-lo. Odeio essa lista idiota de (quase) todas as coisas que eu odeio em você. Mas o que eu odeio mesmo, é não conseguir te odiar. Odeio saber que, eu posso fazer mil listas dessas mas no fim não vai adiantar nada… Porque a verdade é que eu não odeio nada disso. Tenho raiva (às vezes muita raiva), é verdade. Mas eu não consigo te odiar. Porque eu posso ter mil motivos pra odiar você… Mas eu tenho um milhão deles pra te amar."
— desconhecida 

"A gente muda. . muda de roupa, sapatos, de país, muda a playlist, muda de amigos, de trabalho. Mas se esquece que os sentimentos dos quais queremos nos livrar não mudam,eles nos atormentam aonde quer que a gente vá."
— Sam, Cambridge 1990, Carpinejando.   (via romanteios)

"Qualquer um pode te fazer sorrir. Mas nem todos podem te fazer feliz."
Amor à Distância. (via citou)


"Meu amor se esvoa pelo ar onde não posso te encontrar
Talvez a resposta certa seja desistir mas o dom de insistir quer me machucar
Mas a real verdade que as gotas do céu revelam é que eu desistiria de um mundo imenso de coisas por você mas que não conseguiria de forma alguma do espaço desistir do meu bem, talvez não mereça mas meu coração manda se entregar sem pontos e virgula, mesmo que se machuque, mesmo que já não valia a pena amar e se encontrar."
— Dark @1___dark

"Talvez a chuva devesse lavar a alma
Talvez o sono devesse fazer esquecer a vida
Talvez a jaqueta devesse esquentar a alma
Talvez a tevê devesse me distrair
Talvez o beijo de outro alguém devesse apagar suas lembranças
Talvez o livro devesse me fazer viajar
Talvez o sol devesse iluminar meu coração
Talvez a música devesse me curar
Mas talvez eu devesse ser menos complicada e exigir mais de mim, apenas."
— Dark @1___dark

"Como imagino a minha morte?
Eu posso morrer dormindo aos 70 anos depois de ter vivido o que eu queria
Posso morrer aos 40 com uma doença terminal
Eu posso morrer aos 30 com o estresse da família, da vida, tudo.
Posso morrer aos 20 por me jogar de uma ponte por causa do amor
Ou posso morrer agora por remédios, me enforcando, afogando, atropelando, por apenas desistir da vida e não querer viver em um mundo psicótico onde ser feliz é algo raro e frustrante difícil.
Mas de qualquer forma ninguém saí vivo daqui."
— Dark @1___dark


"Você despertou as coisas mais bonitas que existiam em mim, que eu nem sabia que tinha. Você colocou brilho em meus olhos e paz no meu coração. Você é a única pessoa que sabe decifrar meu olhar. E só você consegue fazer isso. Tudo isso. Só você consegue me deixar sem palavras, sem forças, com falta de ar. Só você consegue me deixar horas acordada com uma vontade incontrolável de juntas seus pés com os meus e te encher de beijos. É você que sempre está ao meu lado. É você quem eu quero que sempre esteja ao meu lado. É você quem eu quero pra vida toda… É tudo você. É só você, amor."
Cabana dos Sonhos.  (via citou)

"O maior problema do mundo, hoje, é esse. As pessoas acham que falar basta. Não, falar não basta. O amor não tem que ser dito, ele precisa ser sentido, senão ele não sobrevive."
Clarissa Corrêa.  (via otimist4)

"Sou forte o suficiente para te deixar, mas fraca o bastante para precisar de você."
Demi Lovato. (via sou-inseguro)


Destroem meu sorriso, minha vontade de viver e ainda querem que eu continue

"Talvez o meu maior medo, seja de acordar em uma segunda-feira de manhã e perceber que você não está mais ao meu lado. Sabe, essa é a droga do ser humano, se apoiar em uma pessoa e achar que pode ficar a vida inteira encostado nela, como se essa patifaria de amor eterno fosse realmente verdadeira. Quem dera as pessoas pudessem conviver com seus problemas, agora imagine com os problemas de outra pessoa, como se isso fosse realmente possível, meramente paranoico. E se isso for realmente uma droga, digo e afirmo, vivo drogado o tempo todo."
Anderson Babinski.  (via sou-inseguro)